Depois da passagem pela região centro e pela zona oeste, a caravana do Extreme Trial 4x4 rumou no passado dia 14 de maio a paragens já conhecidas, mais propriamente a Ponte de Sor, no Alto Alentejo, que já em 2016 havia sido palco de uma prova deste troféu.
A edição de 2017 previa uma evolução no traçado, com algumas melhorias e correções, mas mantendo na sua essência o perfil desafiador que já tinha apresentado no ano passado.
A lista de participantes estava particularmente recheada nas classes mais baixas, e à semelhança da prova anterior, figuravam nesta lista várias viaturas novas, criando-se alguma expectativa no que poderiam vir a fazer face aos demais.

CLASSE SUPER PROTO MAIS:  F-POWER / NOSSO TALHO EM CAMINHADA SOLITÁRIA ATÉ AO PODIO FINAL.

Perante a ausência de adversários na classe, poder-se-ia pensar que Team F-Power/ Nosso Talho iria poupar-se a esforços e “passear” até ao final.   No entanto, a Rui Vieira e o seu navegador fizeram exatamente o oposto, e cumpriram na integra o programa e andaram tão rápido como se tivessem adversários, animando a prova a par com os participantes da Classe Super Proto, imediatamente abaixo a da sua.
O Team F-Power/Nosso Talho foi assim   o lógico vencedor da classe, e leva de Ponte de Sor os preciosos pontos do primeiro lugar.



CLASSE SUPER PROTO:  FRAGOSO TT COM VITÓRIA ATRIBULADA.

A Classe Super Proto teve no Team Fragoso TT o seu vencedor, repetindo o triunfo que já havia obtido na prova de Caldas da Rainha há algumas semanas atrás.
No entanto, a caminhada até ao pódio seria algo inesperada e invulgar.   A prova até nem começou da melhor forma para Rui Fragoso, não conseguindo ir além do terceiro lugar no setor de perícia, ficando atrás do Team AutoMouro (1º classificado) e do Team TransAntonino & Matias & Veicomer (2º Classificado).  
O Team Lubecar apresentou-se em Ponte de Sor com a sua viatura completamente remodelada, mas no setor de perícia sofreu alguns problemas e não foi além do quarto lugar.
Na setor de resistência o Team Fragoso TT venceu de forma bastante convincente, com mais 8 voltas cumpridas do que o seu adversário mais próximo, o Team TransAntonino & Matias & Veicomer que apenas cumpriu 6 voltas ao traçado.  Em terceiro, com 4 voltas realizadas terminou o Team Auto Mouro.  Já o Team Lubecar quedava-se pelo ultimo lugar da tabela, pois sucumbiu aos problemas mecânicos logo na primeira volta.
A meio da prova, o  Team Fragoso TT sofreu um invulgar incidente em pista que acabou por lesionar o navegador.  Quando tudo parecia perdido e o abandono quase certo, pois sem navegador não seria possível continuar, o piloto Paulo Amaro, do Team BurPizza que participa na classe Promoção disponibilizou-se a substituir o navegador de Rui Fragoso e ajudar este a terminar a prova, vencendo com grande vantagem apesar do incidente.



CLASSE PROTO: AUTO BERNARDO / CAPITCHO TEAM VENCE DE FORMA MUITO EXPRESSIVA. 
A “jogar em casa” o Team Auto Bernardo / Capitcho Team fez em Ponte de Sor a sua primeira aparição no Troféu Extreme Trial 4x4 2017, estreando o seu novo e espetacular carro.   A rapidez da condução de Nuno Matos, aliado á solidez do Proto permitiram-lhe uma vitória avassaladora que se começou a desenhar logo no setor de perícia.
No primeiro setor do dia, Filipe Alambre da equipa Açorda Team ainda fez um resultado que deixava antever alguma luta no setor seguinte, terminado em segundo lugar logo atrás de Nuno Matos.  Em terceiro, Luís Matos e o Team Base Branca II.  
Seria na resistência que o domínio do Team Auto Bernardo / Capitcho Team se iria tornar muito evidente.  Durante as 2 horas de duração regulamentar, esta equipa de Ponte de Sor haveria de completar 27 voltas ao traçado, mais 10 que o segundo classificado, o Team Base Branca II.   Bem mais para trás ficaria o terceiro classificado, o Team Eco AGB Park, Lda,  que apenas conseguia dar 6 voltas ao percurso, ficando no mesmo obstáculo que já havia reclamado antes a viatura do Team Sempre os Últimos à 4ª volta e a viatura do Team Açorda á 2ª volta.
No final do evento, o troféu de vencedor foi merecidamente entregue ao Team Auto Bernardo / Capitcho Team, com o segundo lugar a ficar para o Team Base Branca II e o terceiro para o Team Eco AGB Park, Lda


CLASSE PROMOÇÃO:  TEAM BURPIZZA SOMA A TERCEIRA VITÓRIA DO ANO.

O Team BurPizza está  imparável nesta temporada do Extreme, tendo conquistado em Ponte de Sor a terceira vitória em três provas já realizadas.  Mais impressionante é este resultado se levarmos em linha de conta que Paulo Amaro, o piloto arrancou para a prova já com 1 hora de resistência cumprida como navegador ao lado de Rui Fragoso na Classe Super Proto.
Esta era uma das classes com mais pilotos à partida, e em teoria aquela que iria ter mais disputa pela vitória.  No setor de perícia era Emanuel Luz e o Repower Team 4x4 I quem se desembaraçava mais rapidamente dos obstáculos.  Logo atrás ficava Fábio Dias do Repower Team 4x4 II e em terceiro Nuno Pereira do Team Base Branca IV.
A história da resistência seria radicalmente diferente.  Os três primeiros do setor de pericia não haveriam de contabilizar uma única volta, pois o Repower Team 4x4 I e o Repower Team 4x4 II tiveram avarias mecânicas ainda antes de completar a primeira volta.  Já o Team Base Branca IV viria a ser desclassificado.
Paulo Amaro e o seu Nissan Azul, que foram os últimos no setor de perícia, tinham aqui uma prestação muito superior a todos os outros,  conseguindo dar um total de 13 voltas á pista durante o tempo de prova,  enquanto Carlos Santos e o Team Base Branca III, segundos classificados não iam além das 5 voltas concluídas.  Mais nenhuma equipa conseguiu somar voltas na resistência.
No final, o Team Bur Pizza conquistou mais uma merecida vitória , com o segundo lugar a ficar para o Team Base Branca III e o terceiro lugar para o Repower Team 4x4 I.


CLASSE FUN:  TEAM SEM PRESSAS VENCE “ EM CASA”

O Team Sem Pressas venceu o Extreme Trial 4x4 Ponte de Sor  na Classe FUN, naquela que foi a prova mais “quente” de todas, dentro e fora da pista.
O primeiro vencedor do dia foi o estreante João Feitinha do Team Arbusor, o mais rápido no setor de perícia.  Logo atrás ficou o Team Sem Pressas em segundo lugar e em terceiro a equipa TiagosCar.
No setor de resistência um obstáculo em particular iria concentrar a atenção da maioria do público e os esforços de todas as equipas, pois aparentemente fácil, viria a demonstrar ser bastante difícil de superar.
A vontade das equipas em superar rapidamente este obstáculo aliado á ansiedade do público em ver as suas equipas favoritas prosseguirem a prova gerou algum nervosismo por parte sobretudo de quem assiste  criando alguns momentos mais tensos.
Terminado o tempo regulamentar da classe, foram três as equipas que terminaram com 6 voltas, sendo a sua classificação obtida pelos tempos realizados, vencendo o Team Sem Pressas que cruzou a linha de meta em primeiro, seguido de Tiago Prates do Team TiagosCar e de João Feitinha do Team Arbosor em terceiro.
A classificação final foi idêntica à da setor de resistência, ficando o Team Sem Pressas com a vitória final, enquanto o Team TiagosCar ficou em segundo e o Team Arbosor em terceiro.


TROFÉU FEDIMA: MAIS UMA VITÓRIA PARA O TEAM BURPIZZA

Tudo parece ter corrido bem a Paulo Amaro em Ponte de Sor, pois para além da vitória na sua classe e de ter ajudado o Team Fragoso TT a vencer a classe Super Proto, juntou ainda à sua contabilidade pessoal a vitória no Troféu Fedima, distanciando-se cada vez mais dos seus adversários na classificação geral deste troféu Monomarca.
Ainda no que diz respeito ás classificações das equipas que usam pneus da marca Fedima, o Team Repower 4x4 1 foi o segundo classificado,  e o Team Repower 4x4 2 foi o terceiro.



Luis Pirralho da X-Adventure:

“Foi mais um dia de trial com muita emoção e luta em pista, em particular na classe FUN, onde as equipas tiveram que se esforçar muito para conseguir a vitória.  Acho que isso ficou bem claro com o resultado da resistência, com 3 equipas a ficarem  na mesma volta. Foi uma prova muito diferente das anteriores, mais exigente, e isso notou-se no número de avarias e abandonos que tivemos.  A pista sem ser demolidora, provou ser exigente e demonstrou que os obstáculos deviam ser encarados com alguma calma. Saímos daqui satisfeitos com o nível de competição em pista, que cada vez está mais alto em todas as classes.   Também aqui tivemos mais alguns carros novos que estavam a ser ultimados e que finalmente integraram a caravana. O grau de preparação e evolução já é muito elevado, e creio que os problemas de alguns se devem sobretudo á juventude dos seus projetos. Agora vamos dar continuidade á preparação da próxima prova, em Sanfins do Douro, Alijó, uma jornada de dois dias, que promete ser memorável por muitos motivos.  A organização local e nós como promotores estamos a preparar um pack de incentivos que irá facilitar a deslocação das equipas da zona sul até ao vale do douro.  Recomendo que estejam atentos tanto ao nosso site oficial como á página oficial do Facebook onde iremos tornar publico tudo.”


O Extreme Trial 4x4 Ponte de Sor 2017 teve a organização do Radical Club de Ponte de Sor, com o apoio do Município de Ponte de Sor, da Freguesia de Vale de Açor, e dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Sor.

O Troféu Extreme Trial 4x4 2017 tem o apoio da Fedima, da Euro4x4Parts.com, da Tractomoz, de Helder Tiago - Oficina e Reboques, da Lubecar, da Vulcanizadora Fragoso, da Veicomer, da Dediland, do Todoterreno.pt, de Imagensdesportivas.com, da BeeOuch Photography, do Codigo 4x4 (Espanha), de Skin Ovelha, da Tentação TT, do TR4 Digital e do Virtual Clube TT.
Todas as informações sobre o Troféu Extreme Trial 4x4 2017 podem ser encontradas no site oficial em www.extremetrial4x4.com

HTTP://pecasAUTO24.pt

www.AUTOpecas-ONLINE.pt

ZONA ESPETACULO

VIDEOS DE TODO O TERRENO