Carlos Sainz e Lucas Cruz foram ontem (terça-feira, 22 janeiro) recebidos em festa em Espanha pelos muitos fãs que os esperavam no Aeroporto Adolfo Suárez-Madrid Barajas, na sequência da sua memorável vitória no Dakar 2018, alcançada no passado sábado em Córdoba. Foi no culminar de 8.793 quilómetros muito duros e diversos perigos escondidos nas 14 Especiais no Peru, Bolívia e Argentina, que a dupla espanhola, aos comandos do PEUGEOT 3008DKR Maxi, conquistou uma nova e magnífica vitória para as cores da PEUGEOT, naquela que foi a 40ª edição desta icónica prova de offroad, tida como a mais difícil do mundo. 
Carlos Sainz e Lucas Cruz alcançaram no passado sábado (20 de janeiro) a sua segunda vitória no Dakar, garantindo à PEUGEOT o terceiro sucesso consecutivo e o 7º absoluto em 8 participações nesta prova que começou por correr-se no Norte de África e que agora se realiza na América do Sul. Chegados ao Aeroporto Adolfo Suárez-Madrid Barajas na tarde de ontem, a dupla espanhola foi recebida com uma ovação pelos muitos fãs que ali os esperavam, ávidos de ver os seus heróis do automobilismo.

"Esta vitória foi muito importante",

declarou Carlos Sainz à chegada à capital espanhola.

“Foi uma prova muito intensa, sem dúvida alguma o Dakar mais complicado que disputei, com duas semanas de tensão e constantes em surpresas. Se tiver de comparar as minhas duas vitórias no Dakar, esta, sem dúvida alguma, foi a mais emotiva e também a mais difícil, tanto em termos pessoais, na sequência do meu abandono no ano passado – o maior desgosto da minha carreira de piloto – como pela dureza desta edição. O PEUGEOT 3008DKR Maxi foi fenomenal, praticamente não dando problemas. Uma percentagem muito elevada desta vitória pertence ao Lucas Cruz, pelo seu trabalho, pela sua visão estratégica e pela sua paciência. Nunca deixarei de lhe agradecer a vitória nesta competição.” 

Para Christophe Mandon, Diretor Geral do Groupe PSA para Portugal e Espanha,

“Esta vitória representa um sonho tornado realidade. É o culminar de um trabalho de anos, que decorreu em paralelo ao design e lançamento da nova gama SUV da PEUGEOT. O Carlos Sainz e o Lucas Cruz fazem já parte da história do desporto automóvel e também da história da marca PEUGEOT”. 

Na opinião de Jorge Tomé, Diretor da PEUGEOT para Portugal e Espanha,

“Na PEUGEOT estamos felicíssimos com esta vitória no Dakar. Dias antes do arranque da prova, Carlos Sainz destacou a importância dos meses de trabalho e dos testes específicos de preparação para o rali e o apoio incondicional da sua família. Creio que é o momento certo de lhes dedicar esta vitória”.

A VITÓRIA DE SAINZ/CRUZ EM RESUMO
Foi na edição de 2018 do Dakar que Carlos Sainz e Lucas Cruz demonstraram um andamento magistral e uma criteriosa gestão de uma prova de 15 dias e perto de 9.000 quilómetros. Azarados nas anteriores três edições anteriores deste cada vez mais exigente rali disputada na América do Sul, a dupla espanhola demonstrou a sua performance e consistência aos comandos do PEUGEOT 3008DKR Maxi nº303, conquistando duas vitórias em Etapas, por altura da duríssima Etapa Maratona, feito que lhes garantiu a liderança, posição que não mais largaram até atingirem o topo do pódio final, em Córdoba. 
Igualmente vencedores do Dakar 2010, naquela que foi a segunda edição da prova corrida na América do Sul, Carlos Sainz e Lucas Cruz acrescentaram um novo capitulo ao livro dos sucessos da PEUGEOT SPORT e do Team PEUGEOT Total, fazendo crescer para 7 o número de vitórias da PEUGEOT, num total de 8 participações, número que é parte de uma longa e impressionante lista de estatísticas e recordes no Dakar.

1987:    Vitória para Vatanen/Giroux (205 T16 Grand Raid)
1988:    Vitória para Kankunen/Pironen (205 T16 Grand Raid)
1989:    1º e 2º lugares para Vatanen/Berglund e Ickx/Tarin (405 T16 Grand Raid)
1990:    1º, 2º e 3º lugares para Vatanen/Berglund (405 T16 Grand Raid), Waldegard/Fenouil (405 T16 Grand Raid) e Ambrosino/Baumgartner (205 T16 Grand Raid)
2016:    Vitória para Peterhansel/Cottret (2008DKR)
2017:    1º, 2º e 3º lugares para Peterhansel/Cottret, Loeb/Elena e Despres/Castera (3008DKR)
2018:    Vitória para Sainz/Cruz (3008DKR Maxi)



Comunicado Oficial