Sebastian Bühler encerrou em beleza a sua participação na 14ª edição do Panafrica Rally ao vencer de forma categórica a derradeira etapa. Com este resultado o piloto da Yamaha subiu mais três posições na classificação geral fixando-se no 4º lugar.
Aos comandos de uma Yamaha WR 450 o jovem piloto português terminou esta maratona africana a apenas 17 minuto de um lugar de pódio que chegou a ser seu no final da 2º etapa. De salientar que sem os 28 minutos da penalização sofrida na 3ª etapa o pódio teria sido claramente seu.

“Foi uma vitória fantástica. A primeira que consegui numa etapa em África. Foi um dia que me deu muito gozo. Andámos sempre em areia, piso de que gosto bastante e onde me sinto bastante à vontade. Ataquei um pouco e o resultado apareceu. Sou um adepto das pistas rápidas marroquinas e sinto que consigo navegar cada vez mais rápido e seguro. O Rally na geral correu muito bem aprendemos muito em termos de navegação e condução no deserto que era esse o objetivo. Penso que evolui muito. A nova Yamaha de Rally esteve fantástica é muito boa e a minha equipa tratou muito bem dela ao longo de todos estes dias”

salientou Sebastian Bühler que se vai manter mais uma semana a treinar Roadbook para depois regressar a Portugal onde vai discutir o titulo de campeão nacional na Baja Portalegre 500.
 
Classificação geral final:
1º Joan Pedrero (Sherco), 13h04m45s; 2º Adrien Metge (Sherco), 13h08m15s; 3º Daniel Oliveras (KTM), 13h42m59s; 4º Sebastian Bühler (Yamaha), 13h59m59s; 5º Mario Patrão (KTM), 14h00m10s; 6º Marc Solá (KTM), 14h06m04s; 7º Joaquim Rodrigues (Hero), 14h11m49s.


Comunicado Oficial