Mário Patrão, concluiu hoje a sua participação no PanAfrica Rally com mais uma excelente exibição. Aos comandos de uma KTM o piloto apoiado pelo Crédito Agrícola foi o mais rápido na derradeira especial, resultado que lhe daria uma subida ao pódio final desta grande maratona africana. Todavia uma penalização, muito contestada pelo piloto, ditaria outro resultado.

"Foi uma boa etapa. Diverti-me muito, consegui ser o mais rápido em pista, mas a organização decidiu oferecer-me 20 minutos de penalização. Na minha opinião injusta, uma vez que o meu GPS validou o WP enquanto o da organização é que não validou. Não deixa, todavia, de ser uma participação muito positiva. Viemos com a intenção de treinar a navegação e de fazer quilómetros em deserto e isso foi plenamente conseguido e de forma muito satisfatória. Não posso deixar de agradecer a todos os patrocinadores que me permitiram estar a fazer todas estas provas com vista a uma participação no próximo Dakar", 

salientou o piloto de Seia que conta com o apoio da Grab&Go.

Comunicado Oficial