Pedro Mello Breyner e Pedro Velosa já estão a postos para a partida daquela que é a 40ª edição do mítico Rali Dakar, prova rainha do TT, uma competição que dispensa apresentações e que arranca amanhã de Lima para ao longo de 15 dias percorrer o Peru, a Bolívia e chegar finalmente a Córdoba, na Argentina onde os resistentes da caravana do Dakar chegarão no dia 20 de janeiro.
A equipa do Yamaha que ostenta o número 370 já realizou um derradeiro shakedown e cumpriu as habituais verificações técnicas e administrativas, procedimento habitual e obrigatório que antecede o arranque do Dakar que já vai na sua 10ª edição no continente sul americano.
A formação lusa vai participar aos comandos de um Yamaha YXZ 1000 R da Cat Racing naquela que será a estreia portuguesa na categoria SSV viajou rumo a Lima no primeiro dia do ano e irá ter 11 equipas de sete nacionalidades distintas como concorrentes, sendo utilizados modelos de três marcas tal como acontece no campeonato português.

“Estamos prontos para partir. Estivemos a instalar os bebedouros obrigatórios de cinco litros, bem como os individuais. Vamos a montar mais algumas caixas para termos alimentação, mas temos de ter atenção porque o habitáculo é relativamente pequeno. Não podemos encher demasiado. As pranchas também já estão bem fixas no lugar, as antenas de localização já estão postas, vamos por mais luzes no tejadilho e estamos ansiosos por amanhã, com muita espectativa e muito motivados para este Dakar”,

revela Pedro Mello Breyner.


Comunicado Oficial