Guiga Spinelli e Youssef Haddad conquistaram a segunda posição no Baja Portalegre, última etapa do Mundial de Rally Cross-Country


Foi diante de um grande público, e de adversários que conheciam muito bem a região, que Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, com Petrobras Rally Team, aceleraram forte o Mini All4 Racing para terminar a última etapa do Mundial de Rally Cross-Country da FIA, o Baja Portalegre, em segundo lugar. Ficaram atrás apenas dos portugueses Ricardo Porém e Hugo Magalhães, que brigavam pelo título nacional, também em disputa na prova. Com o resultado, Porém se sagrou campeão português todo o terreno e conquistou seu quarto título no Baja (2014, 2015, 2016 e 2017).
O último dia da etapa teve duas Especiais cronometradas, a primeira com 205km e a segunda com 160km.

“Para se ter uma ideia do quanto esse último dia foi duro, entregamos o cartão de controle para a 1a Especial as 6:12 da manhã, e a marcação da chegada da 2a Especial foi as 17:10, acho que resume bem o que foi a prova”, disse Youssef Haddad.

Resume bem sim Youssef, ainda mais se somarmos todo o desgaste acumulado do dia anterior, no qual além do prólogo, houve também uma Especial de 76km disputada.
O último dia do Baja Portalegre começou com o Petrobras Rally Team em quarto lugar, mas logo na 1a Especial do sábado, Guiga e Youssef alcançaram a 3a posição, a 57” dos russos Boris Gadasin e Dan Shcemel. Contudo, com o resultado acumulado, a dupla Petrobras Rally Team assumiu a 2a posição geral da etapa. A liderança geral estava nas mãos de Porém/Magalhães, distantes 6’54” da dupla brasileira.
Acelerando ainda mais forte o Mini, preparado pela X-Raid alemã, Guiga e Youssef partiram para a 2a Especial do dia e última da competição.

“Foi uma Especial técnica, e somente os últimos 30km foram com mais velocidade, terminando no trecho onde o Prólogo foi realizado”, destacou Youssef.

Com toda a experiência de quem é pentacampeão do Rally dos Sertões, com oito participações no Rally Dakar, Guiga e Youssef foram imbatíveis e venceram a Especial final com 1’10” de vantagem para Porém/Magalhães, e confirmaram a segunda posição na classificação geral no somatório dos tempos, ficando atrás da dupla portuguesa 5’44”.

“Foi um prazer enorme competir em Portugal, ver milhares de pessoas assistindo as Especiais, torcendo e vibrando. Cada quilômetro foi uma emoção enorme dentro do carro, além do prazer de pilotar o Mini. Sem dúvida, foi um final de semana muito especial. Saio de Portugal com um segundo lugar com gosto de vitória”, completou Guiga Spinelli.


1- Ford Ranget – Ricardo Porém (PRT) / Hugo Magalhães (PRT) 5:35:29.00
2- X-Raid Mini – Guilherme Spinelli (BRA) / Youssef Haddad (BRA) 5:41:13.00 (gap) 5:44.00
3- X-Raid Mini – Boris Garafulic (CHL) / Filipe Palmeiro (PRT) 5:52:36.00 (gap) 17:07.00




Texto: Petrobras Rally Team
Fotos: Imagensdesportivas.com