Baja de Loulé 2023: A emoção do Todo-o-Terreno volta ao Algarve
Featured

Baja de Loulé 2023: A emoção do Todo-o-Terreno volta ao Algarve

Baja de Loulé vai para a estrada a 27 e 28 de Maio

A mais clássica das provas de todo-o-terreno nacional, a seguir à Baja de Portalegre, vai dentro de pouco tempo para a estrada. A Baja de Loulé volta a ter como palco as estradas, caminhos e estradões da serra do Caldeirão, passando também pelos municípios de Alcoutim, Tavira, S. Brás de Alportel e Almodôvar.

Elegível para os campeonatos de Portugal de Autos, Motos, Quads e SSV, será feita a receção aos concorrentes durante a sexta-feira 26 de maio, com a instalação do parque de assistência e as verificações técnicas, tudo sito no Estádio do Algarve, mais uma vez o centro operacional da prova. Será também nos terrenos à volta deste equipamento desportivo que será disputado no sábado de manhã o prólogo, com 5.25 km, que irá definir a ordem de partida para o primeiro seletivo para todos os concorrentes. Ambos os setores seletivos de sábado e domingo irão ter uma distância competitiva de 163 km, tendo a sua partida e chegada na pista de motocross da Cortelha, havendo lugar a um ponto de reabastecimento em Martim Longo, passando também por outros pontos habituais como Cachopo e Ameixial.

Serão cerca de centena e meia de concorrentes, divididos entre autos, motos, quads e SSV’s, que irão arrancar para a prova. Nos autos, antecipa-se desde já o confronto entre os imponentes T1+, onde para além dos já conhecidos de entre o público nacional, teremos ainda pela primeira vez em solo nacional um Mini, conduzido pelo campeão João Ferreira, e os ágeis T3 e T4, onde para além de animadores habituais como João Dias, Armindo Araújo, Luís Portela de Morais e Alexandre Pinto, teremos o regresso do vencedor de 2021, Alexandre Ré, e ainda o regresso ao todo-o-terreno de Ricardo Teodósio, que alinhará com um carro inscrito pela PRK Sport. Nota ainda para a presença do ADESS com motorização elétrica pilotado por Mário Franco.

No que respeita às motos, o favoritismo recai no pluricampeão António Maio, que deverá enfrentar uma maior oposição por parte do vencedor da edição transata, Micael Simão, e de Martim Ventura, com o jovem piloto da Yamaha a ir à procura do seu primeiro triunfo em solo algarvio. Nos quads há que destacar o regresso do campeão João Vale depois do acidente sofrido na ronda de abertura, mas que contará com certeza com forte oposição de Luís Fernandes, o atual líder do campeonato. Quanto aos SSV, espera-se mais uma grande batalha entre Roberto Borrego e João Monteiro, com nomes como Luís Cidade, Pedro Santinho Mendes ou o local Nuno Fontes decerto a querer ter uma palavra a dizer. A destacar também a presença do Troféu Yamaha com os aguerridos Yamaha YXZ1000R.

 

A Baja de Loulé uma organização do Clube Automóvel do Algarve, sob a égide das Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting e da Federação de Motociclismo de Portugal, com os apoios dos Municípios de Loulé, Alcoutim, Tavira, S. Brás de Alportel, Almodôvar e ainda do Medronhito do Caldeirão. Tem também o selo de Ecoevento da Algar, sendo posto em prática um plano ambiental que visa minorar o impacto da prova no meio que a rodeia. Poderá acompanhar todas as incidências através das redes sociais do Clube Automóvel do Algarve presentes nas plataformas Facebook, Instagram e Twitter, assim como no site oficial www.bajaloule23.com e atrave´s da aplicação Sportity (password LOULE23).

 

Fonte do texto: Clube Automóvel do Algarve
Fotos: Todoterreno.pt / Imagens Desportivas

Related Articles

We use cookies

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.