BAJA PORTALEGRE 500 SEM PUBLICO PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTORIA

A situação da Pandemia em Portugal está em constante evolução,  infelizmente não na direção que todos desejariamos, por isso são de prever alterações ou correções ao plano que poderão ser impostas pelas autoridades caso a situação se agrave.

Recomendamos a todos os interessados a leitura do Plano de Contingência que se encontra publicado no site oficial da Baja Portalegre, clicando aqui.  Este plano pode sofrer correções a qualquer momento.

----------------------

A organização da Baja Portalegre 500 já revelou o plano de contingência que irá colocar em prática e que irá permitir a realização da prova neste ano particularmente estranho e dificil.  

No texto divulgado pelo ACP pode ler-se que: 
Tendo em conta a importância do Evento, é objetivo do ACP, da Câmara Municipal de Portalegre, dos restantes Municípios e Autoridades Locais, levar a efeito a prova.
O Plano Geral de Contingência da 34ª Baja Portalegre 500 rege-se pelas orientações da DGS e dos Plano de Contingência da FIA (Anexo S), FIM, FPAK e FMP, e conta com a aprovação da ULSNA (Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano).
Devido ao contexto pandémico em que vivemos e à necessidade de tomar todas as precauções na organização de um evento de dimensão mundial como é o caso da 34ª Baja de Portalegre 500, é obrigatório que todas as pessoas (membros das equipas e organização) que acedam ao Service Park
e ao Edifício Nerpor tenham um teste laboratorial negativo para SARS-CoV-2 do tipo rRT-PCR (que  a orientação 015/2020 da DGS estabelece como o método de deteção de referência) efetuado nas 96 horas que antecedem a chegada ao evento.
Existem ainda outros locais com acesso autorizado apenas a elementos com acreditação: o Parque Fechado em Ponte de Sor, os locais de partidas e chegadas dos SS, o Teatro Cinema em Ponte de Sor (local de escolha da posição de partida para o SS2 Auto), e as Zonas de Assistência Moto/Quad/SSV nas especiais.
Atendendo à situação de saúde pública, em consequência da pandemia do novo Coronavírus Covid19 e da sua imprevisível evolução, poderão ser estabelecidas, à posteriori, medidas ou restrições obrigatórias, por parte das Autoridades Portuguesas, que imponham alterações aos Regulamentos
e programas da prova. Qualquer modificação em consequência do acima referido, será comunicada aos concorrentes mediante Aditamentos aos Regulamentos ou por Informação do Organizador. 
Os concorrentes estrangeirosterão de ter em conta as orientações dos países de origem nas viagens de e para Portugal, bem como as condições impostas por Portugal às pessoas originárias desses mesmos países.

O texto contem as principais regras para organização, participantes, assistência e imprensa quCopye estarão presentes no decorrer da prova.    Porém, eventualmente o ponto mais relevante, e que mais deve ser levado em conta por todos, é que pela primeira vez na história da prova não será permitido publico a acompanhar a prova.  Sobre este ponto em particular, está escrito que:
Cumprindo o Artigo 22º da Resolução do Conselho de Ministros nº 88-A/2020, não será permitido público na prova.
Assim, este ano, num esforço único, o ACP vai transmitir o maior número de horas da Baja de Portalegre, através das plataformas digitais da prova, com classificações e diretos de vários momentos e locais da mesma.
Num ano infelizmente excecional, o Automóvel Club de Portugal sugere que a forma principal de assistir à Baja de Portalegre seja na segurança do seu lar

A situação da Pandemia em Portugal está em constante evolução,  infelizmente não na direção que todos desejariamos, por isso são de prever alterações ou correções ao plano que poderão ser impostas pelas autoridades caso a situação se agrave.

Poderá ler o texto na integra no site oficial da Baja Portalegre, clicando aqui.   ou descarregar a partir daqui (Poderá não estar atualizado)

AUTOMOVEIS
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20

 

Don't try this at home