Baja TT Montes Alentejanos 2024: ESC Online Baja TT Montes Alentejanos 2024 foi um sucesso

Baja TT Montes Alentejanos 2024: ESC Online Baja TT Montes Alentejanos 2024 foi um sucesso

 

Beja viveu no passado fim de semana dias da mais pura adrenalina e emoção. A ESC Online Baja TT Montes Alentejanos, foi, uma vez mais, a jornada de abertura dos campeonatos de todo-o-terreno da FPAK e FMP, num evento de sucesso que reuniu perto de duas centenas de equipas e envolveu uma enorme moldura humana que, pesem embora condições climatéricas que se manifestaram adversas, não arredou pé para ver passar pilotos e máquinas.

A ESC Online Baja TT Montes Alentejanos, organizada pelo CPKA - Clube de Promoção de Karting e Automobilismo estreou-se em 2020. Ao longo destes cinco anos evidenciou uma evolução enorme e tem demonstrado todo o seu potencial. As novidades apresentadas em cada edição, o empenho e profissionalismo têm vindo a fazer desta prova um evento de referência no panorama dos Campeonatos de Todo-o-Terreno. E este ano não foi exceção: um percurso totalmente renovado do agrado de pilotos, equipas e do público, espelha bem o impacto cada vez maior desta prova alentejana. 

Para além das novidades no traçado, outras apostas foram feitas por parte da CPKA. Assistiu-se pela primeira vez à participação de um camião. Alexandre Franco pilotou o camião DAF da Classe T5, tendo sido navegado pelo consagrado Nuno Rodrigues da Silva. Uma participação soberba e que muito entusiasmou o público.

A edição 2024 da ESC Online Baja TT Montes Alentejanos foi dura, difícil, viu o sol brilhar, mas teve também muita chuva e lama, mas para Paulo Arsénio, o presidente da Câmara Municipal de Beja o impacto foi muito positivo. “Esta é uma prova de excelência e não é o Presidente da Câmara Municipal de Beja que o diz - seria fácil para mim dizê-lo - mas sim os pilotos que referem ser uma prova magnífica, com um percurso que adoram fazer e por isso cá estamos nós com mais um ano, sempre com novidades, com pormenores novos para três dias magníficos. Este ano tivemos mais de 180 equipas inscritas entre Moto, Quad, SSV e Auto e também um camião. Esta prova está já a atingir uma dimensão muito grande e o facto de ser a competição que marca a abertura dos Campeonatos, traz-lhe também algumas características especiais. É aqui que muitos pilotos põem as máquinas à prova, que testam e conhecem os adversários. Esperemos que esta continue a ser uma prova de abertura dado que ganhou uma expressão no calendário nacional por mérito próprio, que se impôs pela sua qualidade num calendário competitivo e muito complicado. A Câmara Municipal de Beja espera que seja uma prova para ficar. Que continue a ter esta adesão, não só da parte dos pilotos que demonstram o seu carinho pela prova, mas também do público que mesmo com muita chuva não desmobilizou. Eram centenas e centenas de pessoas a assistir. Que assim continue e que Beja continue a marcar no futuro no arranque dos Campeonato de Todo-o-Terreno”.

Também Humberto Silva, presidente do CPKA - Clube de Promoção de Karting e Automobilismo, se mostra orgulhoso e satisfeito pelo trabalho desenvolvido por toda a equipa envolvida e salienta que “foi mais uma prova concluída com sucesso. Não há provas perfeitas, é uma velha máxima que existe, mas penso que fizemos uma prova de excelência. Temos subido de ano para ano o nível, a qualidade está à vista. Acima de tudo, estou muito satisfeito porque se mudou completamente o traçado, devido a algumas limitações emanadas do ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, mas segundo o que os pilotos nos transmitiram este foi talvez o traçado mais bem conseguido alternando zonas rápidas e lentas. Tivemos sol, tivemos chuva e lama. A nível da organização correu tudo bem, excluindo pequenas situações típicas destas provas. Da parte da FMP, houve também um o outro acidente, mas faz parte. No geral foi uma excelente prova. Por outro lado, este este ano, quando tivemos precisamente as piores condições climatéricas, passámos para outro patamar: os 140 km estavam repletos de público a assistir. Foi um sucesso tremendo, dado que esta não era uma prova com a tradição de Reguengos ou Portalegre. Foi ótimo subir mais patamares nesse sentido. Esta prova já foi considerada pela FPAK a melhor do Campeonato. Dizemos que temos o melhor Campeonato de Todo-o-Terreno a nível mundial, o que nos obriga a nós, enquanto organizadores, a fazer mais e melhor no sentido de levar esta modalidade para a frente. Não podia estar mais satisfeito. Obrigado a todos os apoios e patrocinadores. Sem eles não seria possível”.

Para Rui Magalhães, CEO da ESC Online, main sponsor da prova “o ADN da ESC Online é entretenimento e por isso não podemos deixar de estar associados a uma série de eventos relacionados com o desporto, nomeadamente com o automobilismo. Tem sido um terreno pioneiro e é com muito gosto que nos aliámos a esta prova. Poder ter estado aqui no fim de semana foi realmente uma experiência excelente e muito divertida também”, referiu.

A ESC Online Baja TT Montes Alentejanos disputou-se de 29 de fevereiro a 3 de março, em Beja. A prova contemplou um total de 359,90 km dos quais 288,65 foram disputados ao cronómetro.

 

Comunicado Oficial

Related Articles

We use cookies

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.