Dakar 2023: Mário Patrão luta pelo 2º lugar

 

Depois de um merecido dia de descanso em grande parte dedicado à revisão e recuperação da sua máquina para poder enfrentar a segunda e derradeira semana de prova, Mário Patrão, piloto apoiado pelo CRÉDITO AGRÍCOLA, regressou ao Rally Dakar com a mesma garra e determinação anteriormente demonstrada conseguindo o 2º melhor tempo da classificação do Original by Motul.

O piloto apoiado pela LUSÍADAS SAÚDE continua assim em excelente plano conseguindo, na 9ª etapa que hoje ligou Riyadh e Haradh, conquistar pela quarta vez nesta edição do Rally Dakar, o segundo lugar na etapa, resultado que lhe permite continuar a ocupar uma posição de pódio, numa disciplina icónica para os pilotos de duas rodas.

Para o piloto do HOTEL ABRIGO DA MONTANHA, os 358 km cronometrados de hoje tinham “uma primeira parte composta de dunas relativamente acessíveis de transpor. Seguiram-se uns rios também bastante rápidos, mais difíceis de passar porque alguns deles eram profundos. Do abastecimento em diante o percurso foi mais rápido. Correu tudo bem, tive uma pequena dificuldade num waypoint, mas nada demais. Não houve percalços e a mota esteve impecável. Agora é prepará-la para o dia de amanhã”, descreve o piloto Campeão Europeu de Bajas e Campeão Nacional de Rally Raid apoiado pela BAHCO.

A etapa de amanhã, a 10ª da 45ª edição do Rally Dakar, será bem mais reduzida. A especial entre Haradh e Shaybah terá apenas 113 quilómetros, mas uma extensa e dura ligação de 509 km até ao bivouac que ocupará a maior parte do dia. Esta será a primeira incursão do Dakar no coração do Empty Quarter. Será uma típica etapa de areia.

 

Comunicado Oficial