Estreia na África: "O Saara me ensinou muito"
Featured

Estreia na África: "O Saara me ensinou muito"

 

Atual campeão do Rally dos Sertões na competitiva categoria UTV, Rodrigo Varela enfrentou pela primeira vez em sua carreira uma prova no famoso deserto do Saara. Em oito dias de competição, o filho do tricampeão mundial Reinaldo Varela conquistou uma vitória, dois terceiros, um quarto e um sexto lugares entre 100 dos melhores competidores do mundo, tendo como baixas apenas os abandonos no segundo e sexto dias – o primeiro por quebra e o segundo por pane seca. Obtido ao lado do navegador brasileiro Ênio Bozzano no Morocco Desert Challenge (MDC), o resultado animou o jovem Varela, que espera ter outras oportunidades internacionais.
“Essa prova é disputada no norte do deserto do Saara. E devo dizer que competir no Saara é algo que me ensinou muito”, definiu Rodrigo Varela. “Não foi apenas a técnica para “atacar” e superar as dunas altas que existem aqui. Mas também o ritmo, a estratégia, a preparação, a própria filosofia da prova: muitas coisas foram novas para mim e acho que consegui tirar o máximo dessa corrida em termos de aprendizado. Os rallies mais importantes do mundo acontecem neste tipo de terreno e fiquei feliz em ver que me adapto muito bem a este estilo de prova. Então, espero que apareçam outras oportunidades neste nível nas quais eu possa mostrar meu trabalho”, concluiu Rodrigo.

Dakar – Realizado desde a segunda-feira passada e encerrado neste domingo, o Morocco Desert Challenge 2023 cruzou mais de 3.000km pela região do sul do Marrocos, nas proximidades da fronteira com a Argélia, abrangendo trechos isolados e temidos do Saara. Considerado uma prova preparatória para o Rally Dakar, corrida mais importante do mundo no segmento, o MDC desafiou competidores de todo o mundo.
Apesar dos bons resultados, que incluíram o primeiro lugar na etapa inicial e dois terceiros lugares nos dias seguintes, as quebras prejudicaram a dupla brasileira, que terminou o MDC no 16º lugar entre os 100 competidores. Mas Varela segue vai construindo um retrospecto bastante positivo neste ano. Em fevereiro ele venceu, ao lado do navegador Lourival Roldan, o South American Rally Race, disputado na mesma região onde o Rally Dakar foi realizado entre 2009 e 2018.
Na categoria UTV, a vitória na classificação geral foi dois holandeses Martin e Michel van den Brink. Entre os carros, os franceses Mathieu Serradori e Loic Minaudier conquistaram o primeiro lugar, enquanto Lorenzo Santolino foi o melhor na categoria mista de motos e quadriciclos. O trio holandês Vick Versteijnen, Teun Van Dal e Andre van der Sande venceu entre os caminhões.

Acidentes fatais – A nota triste da edição 2023 foi o falecimento de dois competidores. Na quarta-feira, uma nuvem de poeira causou a colisão de dois UTVs, vitimando o navegador francês Laurent Lichtleuchteur. No dia seguinte, o motociclista holandês Bram van der Wouden sucumbiu ao calor e à exaustão, e foi encontrado já sem vida, deitado, por colegas competidores.

 

Comunicado Oficial

Related Articles

We use cookies

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.