BAJA PORTALEGRE 500 2020
IMAGE GALLERY

 

Baja Portalegre 2020: Armindo Neves estreia em Portalegre moto para o Africa Eco Race

 

Armindo Neves vai estar à partida da Baja Portalegre 500, apresentando uma nova moto. O piloto inscrito pela LOPES & GOMES / LUSOMOTOS / SWM / MOTO GARDUNHA vai disputar a 34ª edição desta que é a quarta jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno aos comandos de uma SWM RS 500R preparada para Rally Raid pela MST e com a qual ambiciona disputar o Africa Eco Race em 2022 ou 2023, dependendo da conjuntura.

A duas provas do final da temporada e a ocupar atualmente um lugar no pódio da categoria TT3 e a 4ª posição entre a muito competitiva Classe de Veteranos do CNTT, o piloto de 50 anos ambiciona nesta prova conseguir segurar a 3ª posição que ocupa na classe TT3 e lutar por um lugar no pódio final entre os veteranos. A prova alentejana assistirá à primeira presença em termos competitivos da moto que no início do ano o piloto projetava estrear no Panafrica Rally, o que devido à pandemia do Covid 19 acabou por não acontecer.

O piloto Alentejano parte assim para Portalegre aos comandos de uma SWM preparada em Itália pela MST, explicando que

“o objetivo é testar esta nova mota em competição. A ideia era tê-lo feito no Panafrica Rally, mas como não foi possível, não poderia deixar de o fazer agora. Portalegre é emblemática, esta Baja é um dos maiores eventos de TT no Mundo e o maior em Portugal, pelo que não há melhor ocasião para mostrar a mota. Assim, o maior objetivo é testar em competição a competitividade e a fiabilidade da máquina, para depois enfrentar as duras pistas tão características do Africa Eco Race”,

revela Armindo Neves que conta igualmente com o apoio da Qualifrio, Delta Cafés, J3LP, Revolution Lavandarias, XRace, TR4 Digital e Motards d’Avis.

A 34ª edição da emblemática Baja Portalegre terá, como habitualmente, o seu centro nevrálgico na Nerpor, em Portalegre. Neste espaço encontra-se o Parque de Assistência, que este ano terá fortes restrições devido à pandemia da Covid-19. O percurso compreende cerca de 550km, dos quais cerca de 420 serão disputados ao cronómetro e estará dividido em duas etapas que compreenderão três setores seletivos.  No dia 5 decorrem as habituais verificações técnicas e administrativas. No dia 6, sexta-feira tem lugar a primeira etapa que inclui a Especial de Qualificação (SS1), de aproximadamente 5 km e o SS2 com cerca de 85 km. No sábado, disputa-se a segunda e derradeira etapa com uma extensão total de aproximadamente 330 km.

Comunicado Oficial

 

Portalegre, ACP, Armindo Neves, Baja Portalegre