BAJA PORTALEGRE 500 2020
IMAGE GALLERY

 

Baja Portalegre 2020: Fausto Mota regressa às competições

 

Após ter conquistado recentemente um lugar no Top 5 do Campeonato Nacional de Rally Raid naquele que foi o seu regresso às competições nacionais de todo-o-terreno, Fausto Mota vai disputar nos dias 5, 6 e 7 de novembro aquela que é a mais emblemática competição nacional, a Baja Portalegre 500, quarta jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.

Sem a pressão associada à preparação para o grande desafio que é o Rally Dakar do qual estará ausente este ano motivado pela pandemia, o piloto do Marco de Canaveses apresenta-se aos comandos de uma Husqvarna TE 300i para trilhar as pistas dos concelhos de Alter do Chão, Crato, Fronteira, Gavião, Monforte, Nisa, Ponte de Sor, Portalegre, Extremoz e Sousel, focado em desfrutar ao máximo deste que é o maior evento desportivo realizado no Alentejo e é a segunda mais antiga competição de todo-o-terreno da Europa.

Sobre a sua participação nesta que é a 34 ª edição da mais importante competição de TT da Europa, o piloto da Tâmega e Lyrsa revela:

“Depois de nove meses ausente regressei às competições para disputar o CNRR de Góis, mas não podia deixar de estar à partida para a mítica Baja Portalegre 500. Este ano, devido à pandemia dei prioridade ao trabalho, à minha atividade profissional que exerço em Espanha onde resido e infelizmente este ano já sem a ambição de disputar o Rali Dakar onde o ano passado fiquei perto do top 30 e fui 6º da classe maratona. Assim, participo nesta corrida focado em aproveitar ao máximo do prazer de condução desta nova mota e do ambiente que se vive nas provas. Quero, acima de tudo, terminar a corrida sem quedas nem contratempos e tentar, é claro, fazer o melhor possível."

A 34ª edição da emblemática Baja Portalegre terá, como habitualmente, o seu centro nevrálgico na Nerpor, em Portalegre. Será neste espaço que se encontra o Parque de Assistência, que este ano, infelizmente, não poderá ser visitado pelo público devido à pandemia da Covid-19. O percurso compreende cerca de 550km, dos quais cerca de 420 serão disputados ao cronómetro. Estará dividido em duas etapas que compreenderão três setores seletivos. No dia 5 decorrem as habituais verificações técnicas e administrativas. No dia 6, sexta-feira tem lugar a primeira etapa que inclui a Especial de Qualificação (SS1), de aproximadamente 5 km e o SS2 com cerca de 85 km. No sábado, disputa-se a segunda e derradeira etapa, com uma extensão total de aproximadamente 330 km.

 

Comunicado Oficial

Fausto Mota, Portalegre, cntt, ACP, Baja Portalegre