Após quase 200km, Bruno Varela vence especial por apenas 26s

 

Corridas em longas distâncias tendem a produzir diferenças maiores entre os participantes, especialmente no território irregular e incerto dos rallies do tipo cross-country. Mas nesta sexta-feira (02/07) a dupla Bruno Varela e Ivo Mayer venceu por apenas 26 segundos a terceira especial do Rally RN1500, prova válida pelo campeonato brasileiro da modalidade.
Disputada na região do sertão nordestino, entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba, a especial de hoje foi composta por 188km de percurso. Neste sábado, as 55 duplas de todo o país inscritas na categoria UTV disputarão a etapa de encerramento da corrida, em um trecho de 162km.
No segundo lugar na etapa de hoje ficou a dupla Denísio do Nascimento/Idali Bose, com o tricampeão mundial Reinaldo Varela e o navegador Gunnar Dums garantindo o terceiro posto. Com o resultado, Bruno e Mayer ampliaram para 3min49s sua vantagem no cômputo geral da categoria UTV.

Arriscando tudo 

“Este dia foi muito difícil e pra falar a verdade houve um momento em que eu achei que não íamos conseguir”,

disse Bruno Varela.

“A pior parte foi quando nos perdemos no meio do trajeto e depois o nosso odômetro quebrou, o que certamente não foi um bom sinal para quem já estava com problemas. Mas quanto chegamos a um trecho muito técnico, com muitos obstáculos pela frente, resolvemos arriscar tudo para recuperar o tempo perdido. Quase não acreditamos, saímos de décimo para a liderança e vencemos por muito pouco. Uma vitória sensacional e um dia para a gente não esquecer”,

definiu o piloto da equipe Monster Can-Am.
Completando o trio da equipe Monster Can-Am na prova, Gabriel Varela e Felipe Bianchini abandonaram logo no início da especial devido à quebra da bandeja do UTV. A equipe Monster Can-Am compete com apoio de Norton, Arisun Pneus, Techbond, Motul e Blindarte.

 

Comunicado Oficial

SSV
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20

 

Don't try this at home