Dakar 2021: Quase que o Dakar acabava aqui

 

Uma passagem atribulada de uma duna quando estavam a tentar retomar o percurso ideal, levou Lourenço Rosa e Joaquim Dias a ficarem parados na etapa com uma roda a menos no seu Can-Am Maverick, sendo auxiliados entretanto por um dos camiões de assistência da equipa, o que permitiu regressarem ao Bivouac e manterem-se em prova.

O Dakar Rally vai terminar amanhã, e o objetivo de terminar continua intacto.

"Hoje foi um dia de grande aventura que não nos correu bem, numa altura em que estávamos na quinta posição da etapa da nossa classe, entramos numa zona de dunas bastante grande com mais de 40 quilómetros, e quando estávamos quase a chegar ao fim dessa zona, tivemos algumas dúvidas na navegação, perdemos um pouco a noção de onde estava o percurso ideal, e entramos numa zona de dunas virgens onde ainda ninguém tinha passado, e a inexperiência do Dakar veio ao de cima, entrei muito rápido numa dessas dunas em que o ângulo de saída era bastante elevado, saltamos alguns metros. Aí o carro saiu desequilibrado, rodamos no ar, e aterramos apenas em uma roda que concentrou todo o peso, partindo o eixo e o conjunto de roda e ficamos parados. Aguardamos pela ajuda de um dos camiões de assistência rápida que seguia atrás de nós, demorou cerca de meia hora, tendo sido possível reparar o carro chegar ao final da etapa. Perdemos posições mas estamos em prova e amanhã é o último dia e esperamos acabar. Continuamos na luta, foi mais uma experiência que tivemos neste Dakar, e a dureza é enorme."

 

Comunicado Oficial


 

SSV
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16

 

Don't try this at home